PM de licença acaba expulsa da corporação após postar conteúdo sex nas redes sociais veja

PM de licença acaba expulsa da corporação após postar conteúdo sex nas redes sociais veja

PM de licença acaba expulsa da corporação: Um polícia táctico acabou por perder o seu emprego na sequência de ser acusado de ter fraudado uma licença clínica. Andressa Christine Medeiros dos Santos, 33 anos, estava de licença, no entanto, postou fotografias onde aparecia em uma academia fazendo exercícios e em outros eventos.

PM de licença acaba expulsa da corporação: O arquivo chama a atenção para o fato de o ferimento não ter ocorrido no “ato de serviço”, mas, adicionalmente, não detalha os estados do ferimento. Ela estava de licença clínica enquanto se recuperava do ferimento.

Advertisement
Advertisement

A cabo foi alvo de processo interno, depois de ter sido visto nas suas organizações interpessoais a participar em ocasiões e a fazer exercício, enquanto ela deveria ter repouso. Os registos da PM também incluem que Andressa apareceu em gravações, afixadas nas suas redes sociais, movendo-se e usando saltos altos.

O registo chama igualmente a atenção para o fato de Andressa ter alargado o tempo de licença, introduzindo autenticações. Considerando a prova, foi chamada a atenção para o fato de que a cabo tinha agido com “má fé e deslealdade à administração militar estadual”.PM de licença acaba expulsa da corporação: Andressa tinha estado na polícia táctica a partir de 2012, mas acabou por ser expulsa. O secretariado estatal da polícia táctica construiu, em contato com as distribuições no país, a posição e apoiou o acordo de que a cabo tinha cometido fraude, mostrando que o estatuto de bem-estar não era exatamente o mesmo que o alegado no endosso clínico.

Advertisement

admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *