Dicas para eliminar o mau cheiro na virilha

Dicas para eliminar o mau cheiro na virilha

Geralmente o nosso corpo apresenta odor na virilha, axilas e nos pés, esses são os lugares mais comuns. Porem, quando ele torna-se algo bastante excessivo, é algo para ficar em alerta, pois além de trazer baixa autoestima, é algo desagradável.

É claro que toda mulher gosta de estar segura quando o assunto é região intima cheirosa, no entanto algumas vezes apresenta aquele odor horrível que as deixam para baixo.

Advertisement
Advertisement

Existem inúmeras formas para prevenir e cuidar de situações indesejáveis e manter a flora saudável e cheirosa.  E hoje nosso assunto será de como manter a região intima sem odor.

Diante disso, é necessário manter a vagina ácida, ou seja, com um maior nível de bactérias necessárias, o pH vaginal mantem-se neutro, e assim é mais difícil de contrair algum tipo de infecção.

Advertisement

Normalmente, ela libera algum tipo de secreção, algo normal, porem em grande quantidade, pode ser um sinal.

Quando a vagina está passando por algum problema de saúde, ela apresenta  sinais que devem ser observado diariamente, a fim de combater logo no inicio.

Advertisement

A seguir, mostraremos alguns sinais que podem ser alarmantes e o ideal é procurar logo um medico para começar a tratar, afim de não piorar a situação. Veja:

  • Queimação e coceiras;
  • Secreção abundante;
  • Sentir dores na membrana mucosa;
  • Lesões;
  • Mau cheiro;
  • Sangrar após relação intima;
  • Vagina seca.

Então, diante essa situação exposta à cima, é necessário ficar em alerta e procurar imediatamente um médico, pois se isso acontecer com frequência, pode agravar a situação.

Advertisement

Outro fato importante, que nem todas sabem, é que a ducha intima também pode contribuir para algumas doenças, pois ela altera o pH vaginal a deixando menos acida e assim mais vulnerável. Gostaram das dicas? Espero que tenham gostado, em breve terá mais dicas. Nos acompanhe!!

Advertisement

caillaoliveira002

Informações e notícias do Brasil e do mundo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *